sexta-feira, 11 de Julho de 2008

Cavalos


Que é desporto??


“Em meu entender, este consiste na participação activa e individual, e não em ser mero espectador ou em mandar jogar os outros por si ou ser ajudado por um assalariado”
B.P.

Neste capítulo, denominado Cavalos, puxa à nossa reflexão para um tema bastante abordado na nossa sociedade: a prática de desporto. É saudável, faz bem ao corpo e à mente…
B.P. mostra-nos o que pensa disto e convida a uma pequena reflexão na maneira que o desporto se pode tornar um ajudante a despertar valores negativos. Ganância, tentações por apostas, prática de desporto incentivada por salários…
O desporto, defende B.P., não deve ser praticado só para receber o ordenado. Não que exista maldade na profissão “Atleta”. Neste caso ele apela à pratica pois torna-nos saudáveis e preparados, alem de nos tornar alegres. Torna também objectivo o incentivo a quem olha para o desporto da bancada, ou seja, estes devem sim ver, mas também praticar.

Canhota,

Tiago Correia

quinta-feira, 5 de Junho de 2008

Um dos Escolhos mais traiçoeiros...



A adolescência é a época em que despertam os instintos sexuais, no entanto, BP alerta-nos para estarmos conscientes das doenças que existem, que causam muito sofrimento e até tragédias. Baden Powell diz aos homens para respeitarem sempre as mulheres para serem homens respeitados.
Quanto mais digno, mais respeitador, mais feliz e mais sincero o homem for, mais respeitado e admirado passa a ser. Respeitaremos as mulheres e todas as pessoas que giram em torno de nós. Embora haja tentações e impulsos, que são naturais, temos de saber controla-los. BP mostra-nos todo o processo de reprodução da vida animal como sendo obra de Deus Criador. É-nos dito que a Masturbação é um acto completamente normal e que ninguém se deve envergonhar de o fazer. Nós é que temos de seguir o nosso caminho se quisermos alcançar a FELICIDADE. Deixaremos o rebanho e seguiremos em frente para enfrentar os desejos que nos aparecerão durante este caminho, transmitindo sempre aos outros esta forma de viver.
Devemos apanhar ar puro, façamos exercício que contribui muito para o bem-estar físico e psicológico, sejamos verdadeiros uns com os outros, sejamos asseados de todas as formas, para que, desta forma, nos seja mais fácil alcançar a FELICIDADE. Concluindo, sejamos Homens, com defeitos e qualidades, mas que saibamos levar a vida com o maior proveito possível.

Sara

Panda Atrevida

terça-feira, 27 de Maio de 2008

Cantares de um Sertanejo do Alasca


E porque não ir já ao fim do
"A Caminho do Triunfo"...!

É que este pode ser começado onde desejarmos.
Todo ele é um livro aberto, qualquer que seja a página em que se abra...

Um poema fantástico:

«Cantares de um Sertanejo do Alasca»
"Embalaram-te nos costumes, mobilaram-te com as suas pregações.
Encharcaram-te de convenções até à medula;
Expuseram-te numa redoma, para lhes valorizar o ensino,
Mas não ouves a selva que te chama?
Vamos sondar os lugares do silêncio, procuremos a sorte que vier,
Viajemos para uma terra solitária que conheço;
O vento nocturno está a segredar-nos, fulgura uma estrela que nos guia,
E a selva chama, chama por nós... Vamos..."

Quem hoje falar desta maneira, pode ver-se considerado um irreverente, alguém que rema contra a "ordem estabelecida".
Ao mesmo tempo, é um "poema ecológico", de um poeta que sabe onde "alimentar" a razão do viver, para depois viver.

Ele sabe que é lá, na selva, um dos sitios onde, claramente, se encontra Deus:

"...Já viste Deus em Seus esplendores, ouviste o texto que a Natureza repete?
As coisas simples, as coisas verdadeiras, os homens calados que fazem as coisas?
Ouve então a selva que te chama.
"

Vamos para selva, já... sempre
Vamos?
É fantástico, este nosso BP!
Canhotas
Alexandre
Caracol Paciente

terça-feira, 20 de Maio de 2008

"Modo de ser Feliz"

B.P. pretende que este livro sirva como linha de orientação no caminho de jovens que têm sede de viver.
"O homem emaranha-se nas dificuldades ou tentações das águas agitadas, principalmente porque não o avisaram dos perigos do caminho, nem do modo de se defender deles" e por isso ele parte da sua própria experiência para nos aconselhar a percorrer o caminho que é a vida e para que esse caminho seja para o TRIUNFO.
É numa viagem de canoa que ele encontra o reflexo perfeito da vida, uma viagem que começa nos ribeiros da infância, passa pelos rios da adolescência e atravessa o oceano da idade adulta em direcção ao porto do destino.
Ao longo desse percurso deparamo-nos com diversos escolhos e tempestades e por isso devemos sempre navegar de frente para eles, com olhos atentos para os podermos identificar, contornar e, durante o processo, aprender com eles.
Navegar por entre os recifes e rebentações, apenas com uma canoa de casca de vidoeiro, pode parecer uma tarefa árdua ou até mesmo impossível, mas só assim se consegue atingir a verdadeira FELICIDADE.
É para chegar a essa Felicidade que B.P. nos deixa duas chaves importantes:
-"Não levar a vida muito a sério, mas aproveitar ao máximo o que se tiver, olhar a vida como um jogo, e o mundo como um campo de jogos."
-"Fazer que as nossas acções e pensamentos sejam orientados pelo amor."
É mais fácil Ser Feliz quando se vive desprendido de tudo aquilo o que é fútil e desnecessário tal como os Birmanes "que gozam com a mesma alegria as belezas da sua terra, as flores, o sol e as florestas, sorrindo, cantando e rindo". "Quem é feliz é rico, mas não se segue que quem é rico é feliz".

Nunca se esqueçam:

"Não deixes cair teus olhos,
Não te deixes enganar,
Olha de frente os escolhos,
Olha podes encalhar.

É urgente estar atento,
Ver para onde corre a maré,
Ver de onde sopra o vento,
Não vás tu perder o pé.

B.P. é quem to diz, oh oh,
Impele a tua própria canoa.
Se queres mesmo ser feliz,
Não te deixes ir à toa,
Impele a tua própria canoa,
Impele a tua própria canoa.

A vida não é um deserto
Não queiras ficar no cais
Lenço rubro é rumo certo
Decide tu aonde vais
Não queiras ficar no cais."


Devemos enfrentar cada dificuldade com coragem e amor no coração, impelir a nossa própria canoa sem baixar os olhos e estando Sempre Alerta Para Servir.
E para ti? Qual o verdadeiro modo de ser feliz?..

Uma forte canhota, Carlos Miranda

quarta-feira, 7 de Maio de 2008

"Na construção da cidade"




Está lançada a primeira letra..
Após 2 dias de fraterno convívio escutista aquando do S. Jorge 08 - Porto, foi-nos concedido o prazer e o desafio de criar este espaço puramente dedicado ao escutismo. É com honra que aceitamos prontamente esta ideia, pois se a nossa equipa venceu o jogo de cidade foi porque demonstrou uma união e uma maneira de estar estranhamente cúmplice para tão pouco tempo de "co-habitação".
O desafio foi o seguinte:

- Fazer circular o livro "A caminho do triunfo" por toda a equipa;
- Criar um blog que envolvesse toda a comunidade escutista e que focasse o livro que o fundador deixou dedicado a todos os Caminheiros.

A primeira fase do projecto já está concluida! Agora só falta a parte mais audaz. Para isso contamos com a vossa ajuda e participação.
Queremos retratar o livro com a máxima fidelidade mas também introduzir uma visão pessoal e actual sobre os assuntos a que se referem os capítulos. Apesar de "A caminho do triunfo" ter sido escrito há umas décadas atrás, sabemos que se mantém perfeitamente actual e que é certamente um objecto orientador para o jovem, sendo escuta ou não.
Queremos folhear cada página do livro e da mensagem que o fundador tem para nós.
Quando as páginas se esgotarem... este blog tomará o rumo que todos quisermos. Pois não faltará tema de conversa quando o assunto é o Escutismo! Mas isso só o futuro o dirá. Por enquanto deixamos uma palavra aos organizadores do S.Jorge por nos terem confiado esta nobre tarefa. Só é preciso arregaçar as mangas, e toda a gente sabe que para um verdadeiro escuta isso é o pão nosso de cada dia.
Termino só com o excerto de uma das mais bonitas músicas que todos nós já ouvimos:

"Se sentes dentro de ti
Sempre a sede de gritar,
O nome da liberdade,
A coragem de falar.
A palavra da verdade.
E a servir, participar,
Na construção da cidade,
Na construção da cidade,
Então…"

Que estas palavras sirvam de mote para que esta "cidade virtual" se construa com afinco e a alegria que todo o escuta sabe espalhar quando passa..

A equipa Tasca da Laranja é constituida por:

Hugo................... 465 - Santo Ovídio
Carlos................. 1173 - Marco de Canaveses
Sara.................... 17 -
Pedro.................. 210 - Oliveira do Douro
Luís..................... 163 - Santa Cruz - Coimbra
Tiago................... 608 - Perafita
Convidado especial ........ Chefe Alexandre Leite
.
.
.
>> Hugo